Não há remédio mais singular, nem mais pronto, nem que tenha as virtudes que tem a aguardente: a finalidade antisséptica da águardente no século XVIII

partilhar
Autores Palma, Monique
Santos, Christian Fausto Moraes dos
Palavras-chave Século XVIIII, Aguardente, História da Medicina, Práticas no século XVIII, América portuguesa, Eighteenth century, Brandy, History of Medicine, Practises in eighteenth century, Brazil colony
Revista Revista Portuguesa de História
Editor Imprensa da Universidade de Coimbra
Ano Publ. 2015
ISSN 0870-4147
DOI http://dx.doi.org/10.14195/0870-4147_46_10
Idioma Português
Tipo Acesso

Integral

Citação
Nº Leituras:
1411